Novo secretário de Segurança do Rio diz que pretende entender a lógica de facções

Rio - Há dez anos trabalhando na pasta, o novo secretário estadual de Segurança do Rio de Janeiro, Roberto Sá, assumiu o cargo nesta segunda-feira, 17, afirmando que pretende "cada vez mais entender a lógica de como as facções criminosas se organizam e como fazem o tráfico de armas e drogas" e que essa "é uma das grandes causas da violência no Rio de Janeiro".

Sá foi, por dez anos, o subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da pasta e era considerado como o braço direito do ex- secretário José Mariano Beltrame.

A declaração foi feita em coletiva de imprensa junto com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, no Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, em Laranjeiras, na zona sul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos