Italiano é detido por ofensas antissemitas no Galeão

Uma família judia aguardava na fila de embarque do Aeroporto do Galeão, no Rio, quando foi verbalmente agredida por um italiano, ontem. Fabrizio Trinchero, ao ver o judeu de kipá, gritou ofensas antissemitas e disse que o maior erro de Hitler e Mussolini foi não terem exterminado todos eles. Por fim, o italiano ergueu a mão e fez a saudação nazista. Ao prestar depoimento à Polícia Federal, Trinchero chorou ao ser informado que seria processado e, como consequência, poderia perder o visto.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos