Cunha recebe visita da mulher na carceragem da PF em Curitiba

Curitiba e São Paulo - O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recebeu a visita da mulher, Cláudia, nesta sexta-feira, 21, na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, base da Operação Lava Jato. O peemedebista foi preso por ordem do juiz federal Sérgio Moro em ação penal por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema de propinas instalado na Petrobras.

Cláudia foi à sede da PF acompanhada de um advogado. As visitas aos presos na carceragem da PF ocorrem apenas às quartas-feiras.

A ida de Cláudia à PF nesta sexta foi uma "concessão" que já foi dada a outros presos da Lava Jato, segundo a PF. Na saída do prédio da PF, ela foi filmada pelo jornalista José Vianna, da RPC Curitiba. Cláudia não respondeu a nenhuma pergunta dos repórteres que a abordaram.

A mulher de Eduardo Cunha também é ré em ação da Lava Jato. A investigação mostra que ela gastou mais de US$ 1 milhão em compras de roupas, sapatos e bolsas de grife, além de frequentar restaurantes caros e se hospedar em hotéis de alto padrão na Europa nos tempos em que o marido desfrutava de poder e influência em Brasília.

O dinheiro que Cláudia gastou teria tido origem na propina de US$ 1,5 milhão que o marido recebeu no contrato da Petrobras para exploração do campo de Benin, na África.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos