Alunos de veterinária têm mais aulas sobre manejo de dor que medicina, diz médico

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) acaba de incorporar ao seu currículo um curso online sobre dor (Change Pain). A disciplina será facultativa para os graduandos de medicina por meio de um projeto de extensão. Para os residentes do programa de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, o programa será obrigatório e fará parte da grade curricular. "De acordo com pesquisas, 70% da população brasileira busca o serviço médico devido à dor. É um porcentual alarmante", pondera Raquel Macedo, diretora da área Médica e Compliance.

O Change Pain é um projeto educacional global que nasceu na Europa com o objetivo de ampliar o conhecimento dos profissionais de saúde, aprimorar o manejo da dor (diagnóstico e tratamento) e, com isso, melhorar a qualidade de vida dos pacientes e foi desenvolvido pela empresa alemã Grünenthal. Atualmente dividido em 12 módulos e com aproximadamente 12 horas de duração, seu conteúdo contempla, entre outros temas, a comunicação entre médico e paciente, o diagnóstico correto da dor, como evitar que ela se torne crônica, avaliação dos mecanismos de dor para facilitar a abordagem terapêutica correta e o uso correto de opioides.

Hoje, os alunos de veterinária têm mais aulas sobre manejo de dor do que os de medicina. Precisamos capacitar os médicos para mudar esse atual cenário no Brasil. Para isso acontecer, o primeiro passo é buscar ferramentas que nos ajudem a ampliar, de forma prática, o conhecimento dos estudantes", explica o dr. Rodrigo Reiff, doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, Professor Adjunto do curso de Medicina da Universidade Federal de São Carlos e coordenador do programa de residência em Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa.

Seminário

A Grünenthal, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, realizam neste sábado, 22, das 9h às 12h, no auditório da Unimed, com destaque para a dor crônica e a importância do manejo da dor aguda.

Entre os palestrantes estarão, dr. João Garcia, especializado em Anestesiologia, em Dor, e doutorado em Medicina na área de Dor pela Universidade Federal de São Paulo e dra. Sandra Caires Serrano, pediatra e neurologista - responsável pelo Serviço de Cuidados Paliativos do Departamento de Dor e Cirurgia Funcional do hospital A.C.Camargo Cancer Center. O seminário é uma parceria entre a Grünenthal, empresa alemã especializada em terapias para dor, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, e ocorre no auditório da Unimed.

O seminário é uma parceria entre as Ligas Acadêmicas de Medicina do Esporte e do Exercício (LiMEsp) e de Terapia Antálgica e Cuidados Paliativos (LATACP), ambas da UFSCar, o departamento de ensino da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos e a Grünenthal.

Mais informações pelo site: www.grunenthal.com. O auditório da Unimed fica na Av. Doutor Carlos Botelho, 1039 - Centro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos