TSE: 374 urnas foram substituídas nas primeiras horas de eleição

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que 374 urnas tiveram de ser substituídas na manhã deste domingo. As trocas ocorreram em 17 das 20 cidades que realizam segundo turno. O número de urnas trocadas nas primeiras quatro horas de votação corresponde a 0,405% do total de urnas.

Das 374 trocas, 201 possuíam identificação biométrica (0,420%), enquanto 173 (0,390%) não possuíam a tecnologia. No total, há 47.470 urnas biométricas em funcionamento no País e 43.092 sem a identificação.

O Estado do Rio de Janeiro registrou o maior número de trocas (128), seguido por São Paulo (59), Ceará (57), Paraná (29), Minas Gerais (28), Goiás e Rio Grande do Sul, ambos com 13 urnas substituídas, Espírito Santo (12), Sergipe e Pernambuco, com oito trocas cada, Bahia e Amazonas, ambas com quatro trocas, Alagoas e Santa Catarina, com três trocas, Amapá e Mato Grosso do Sul, com dois casos, e Roraima (1).

O próximo boletim do TSE será divulgado pelo TSE por volta das 14h. No mesmo horário, o presidente do Tribunal, ministro Gilmar Mendes, falará à imprensa.

Rio

Mais da metade dos problemas com as urnas foram registrados na capital fluminense, onde 70 urnas foram trocadas até o meio-dia. Além disso, sete pessoas foram presas no Estado por boca de urna.

Segundo o TRE, quatro pessoas foram detidas no município de Belford Roxo e outras três em Duque de Caxias - 11 pessoas estavam envolvidas na ocorrência de propaganda irregular, mas as demais foram liberadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos