Conselho aprova publicação de edital para concessão de 570 km de rodovias em SP

Ribeirão Preto - O Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização (CDPED) de São Paulo aprovou a publicação do edital para a concessão de um lote de 570 quilômetros de rodovias paulistas, cujo trecho vai de Igarapava, no norte do Estado, a Florínea, região central.

O lote a ser concedido por 30 anos abrange oito rodovias, incluindo um trecho da Via Anhanguera já operado pela concessionária Vianorte e corta 30 municípios paulistas, em um contrato de R$ 19,18 bilhões em valores de julho de 2015, segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

De acordo com a Artesp, os investimentos previstos são de R$ 3,4 bilhões durante o período de concessão, com R$ 2,8 bilhões desse total para a restauração do pavimento e a duplicação de 200 quilômetros de rodovias, principalmente da SP-333. A tarifa de pedágio estimada pela agência reguladora é de R$ 12,92 por 100 quilômetros, também com base em julho de 2015.

A publicação do edital foi aprovada em reunião no último dia 19 de outubro do CDPED e publicada hoje no "Diário Oficial" do Estado de São Paulo. A expectativa é que essa primeira concessão de quatro lotes de rodovias paulistas seja feita por meio de uma concorrência internacional.

Parques

Na mesma reunião, o CDPED aprovou a formação de dois comitês de análise preliminar para a modelagem de projetos de concessões à iniciativa privada de parques estaduais paulistas. Uma das concessões engloba parques localizados em Campos do Jordão (SP), analisado separadamente por um comitê, e as outras, dos parques estaduais da Cantareira, do Jaraguá, Alberto Löfgren (Horto Florestal), na Região Metropolitana de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos