Para Maia, reforma da Previdência chegará ao Congresso antes de 13 de dezembro

Brasília - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira, 7, ter "convicção" de que o governo enviará a reforma da previdência antes de 13 de dezembro.

"Tenho convicção disso. Acho que vai chegar antes até", afirmou o parlamentar fluminense, que disse ter se reunido com o presidente Michel Temer (PMDB) nesse domingo, 6. Ele não deu, porém, uma data exata.

De acordo com Maia, o Palácio do Planalto está finalizando o texto da reforma, o qual deve enviar ao Congresso "o mais breve possível". "Vai chegar no momento adequado", afirmou o presidente da Câmara.

Nos bastidores, há uma discussão no governo federal sobre a melhor hora de enviar a reforma ao Congresso. Alguns auxiliares de Temer defendem que a proposta só seja enviada após a aprovação da PEC do Teto. O temor é de que a reforma da previdência atrapalhe a aprovação da PEC, considerada a principal medida econômica do governo Temer e cuja votação final está prevista para 13 ou 14 de dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos