Oposição protocola pedido de investigação no MPF sobre uso de aviões da FAB

Brasília - Parlamentares da oposição protocolaram nesta terça-feira, 8, um pedido para que o Ministério Público Federal do Distrito Federal investigue se houve irregularidades nas viagens realizadas pelos ministros do governo Michel Temer com aviões da Força Área Brasileira (FAB).

Na peça, o grupo de deputados e senadores pede que seja aberta uma ação civil pública por improbidade administrativa contra os ministros caso fique comprovado o uso irregular das aeronaves. O pedido foi feito com base na reportagem publicada na segunda-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo, que mostrou que, em cinco meses de governo, os integrantes do primeiro escalão utilizaram 781 vezes voos da FAB para deslocamentos pelo País, sendo que em 238 delas o destino ou origem foram as respectivas cidades de residência dos ministros, sem uma justificativa considerada adequada divulgada nas agendas oficiais.

O grupo também entrou com um pedido na Comissão de Ética Pública da Presidência da República para que o caso seja avaliado. Na segunda-feira, o presidente do colegiado, Mauro Menezes, afirmou que o assunto vai ser tratado na próxima reunião do conselho, no próximo dia 21. Assinam as peças cerca de 15 deputados e senadores, entre eles os líderes do PT no Senado, Humberto Costa (PE), e na Câmara, Afonso Florence (BA).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos