Manifestante diz que foi atropelado por carros de senadores

Um estudante que participou de um protesto em frente ao Palácio da Alvorada na noite de quarta-feira (16) registrou um boletim de ocorrência alegando que foi atropelado por dois carros oficiais de senadores. Um dos veículos seria do novo líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR). O outro do senador João Alberto (PMDB-MA).

As assessorias de imprensa dos dois parlamentares negam essa versão e afirmam que os manifestantes impediram as passagens dos carros e alguns chegaram a se jogar sob os veículos.

O caso vai ser investigado pela 5ª Delegacia de Polícia de Brasília. Segundo relatos de manifestantes que estavam no local, os carros dos senadores não diminuíram a velocidade quando se aproximaram da manifestação, o que teria causado o acidente.

O grupo foi até o Palácio da Alvorada protestar contra a proposta de emenda à Constituição que tramita no Senado e estabelece um teto para os gastos públicos. No momento, o presidente Michel Temer oferecia um jantar aos parlamentares da base para discutir o assunto.

Outra manifestante, a professora Camila Tenório Cunha, também registrou um boletim de ocorrência acusando a segurança da Presidência da República de agredi-la durante a confusão.

Em nota, o senador João Alberto lamentou o que chamou de "incidente" e disse considerar os protestos de estudantes "legítimos" quando feitos "de forma pacífica e ordenada". "De fato, o que houve foi que um estudante ao se aproximar do carro do referido senador, se jogou sobre o capô, enquanto outros protestantes cercaram o veículo danificando um carro oficial", disse.

Segundo o senador, o caso também foi registrado na Polícia Legislativa "para que sejam apuradas as responsabilidades".

A assessoria de Jucá também afirmou que o carro do senador foi atacado, ficou com o capô amassado, e que o motorista do senador possui experiência para não reagir nestes momentos.

Procurada, a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto disse que não iria comentar o assunto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos