Após polêmicas, Renan recebe associação de juízes federais

Brasília - Após levantar polêmicas contra o Judiciário, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), recebe nesta terça-feira, 22, o presidente da União Nacional de Juízes Federais (Anajuf), Eduardo Cubas, em seu gabinete.

As últimas semanas foram de trocas de farpas entre Senado e Judiciário. Após a ação da Polícia Federal que prendeu quatro policiais legislativos do Senado no fim de outubro, Renan anunciou uma agenda de medidas legislativas e judiciais contra a PF, o Judiciário e o Ministério Público.

O peemedebista censurou o juiz de 1ª instância que autorizou a ação e chegou a chamá-lo de "juizeco". Depois, anunciou uma agenda de votação de projetos pouco caros ao Judiciário e MP e, por último, instalou uma comissão para analisar salários acima do teto constitucional, fazendo referência direta aos juízes.

O Judiciário, por sua vez, reagiu por meio de associações de juízes federais e estaduais, que publicaram notas dizendo que as medidas de Renan eram de perseguição ao Judiciário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos