Polícia da Indonésia libera oito suspeitos de tramar derrubada do governo

Jacarta - A polícia da Indonésia liberou oito pessoas que haviam sido presas ontem por suspeita de traição, mas afirmou que vai continuar a investigá-las. Outras três ainda estão detidas para prestar depoimento.

Os investigados foram detidos horas antes de um protesto promovido por muçulmanos conservadores contra a minoria cristã da capital Jacarta. O protesto levou pelo menos 200 mil pessoas às ruas e terminou de forma pacífica.

De acordo com o porta-voz da polícia, Boy Rafli Amar, os detidos pretendiam usar o protesto para ocupar o Parlamento e forçar os legisladores a convocar uma sessão extraordinária para derrubar o governo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos