Renzi deve perder, mas "céu não vai cair", diz consultoria Pantheon

São Paulo - A consultoria do Reino Unido Pantheon Macroeconomics publicou uma análise na qual prevê a derrota do primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, no referendo constitucional que será votado amanhã (04), mas avalia que "o céu não vai cair". Os italianos decidem amanhã se aprovam ou rejeitam um conjunto de reformas na constituição do país, as quais reduziriam o poder exercido pelo Senado.

"Os mercados já precificaram a vitória do 'não' por meio de spreads maiores entre a Itália e o resto da zona do euro, além de uma queda de 6% no euro desde outubro", diz o relatório da Pantheon. A consultoria ressalta, ainda, que o maior risco para os investidores é de que o voto pelo 'sim' vença.

Com o 'não' apresentando vantagem ante o 'sim', Renzi avisou que vai renunciar ao cargo, o que deve gerar uma crise política na Itália, com risco de contaminação nos mercados financeiros europeus. A Pantheon, no entanto, acha improvável que aconteça uma sequência de eventos que leve a novas eleições.

"Além disso, não acreditamos que os partidos euro-céticos da Itália, ou de qualquer lugar da zona do euro, iriam querer usar uma maioria política para abandonar a moeda comum", aponta o documento. "Achamos que eles querem usar a zona do euro para impulsionar o crescimento nas suas economias. Ao fazê-lo, eles estariam apontando uma arma para a Alemanha, forçando Berlim a decidir se permanecerá como âncora do projeto". (Flavia Alemi - flavia.alemi@estadao.com)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos