Maggi pede a ministro mexicano abertura do mercado para carne brasileira

Ribeirão Preto - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, informou ter pedido a abertura do mercado do México para a carne brasileira, em reunião com o ministro da Agricultura daquele país, José Eduardo Calzada Rovirosa. Em relato por meio das redes sociais, Maggi cita a compra da carne bovina do Brasil como contrapartida para atender a demandas feitas por Calzada, tanto comerciais como de transferência de tecnologia agrícola.

"O ministro da Agricultura do México disse que seria importante uma visita de mexicanos ao Brasil para ampliar as parcerias comerciais", relatou Maggi. "Os mexicanos insistem para a parceria na extensão e tecnologia agrícola. Eles também querem mais parcerias com a Embrapa. Expliquei aos mexicanos que (para) transferir tecnologia agrícola brasileira, eles precisam abrir mercado para o Brasil."

De acordo com Maggi, que está em Cancun na 13ª Conferência de Biodiversidade Biológica (COP 13) da Organização das Nações Unidas, os mexicanos querem vender material genético bovino da raça Angus e fazer intercâmbio genético. "Disse ao ministro mexicano que nos últimos 30 anos houve aumento do rebanho e redução da área de pastagem graças ao melhoramento genético", informou Maggi.

Ainda segundo o ministro, os mexicanos pretendem vender atum para o Brasil, fazer intercâmbios no setor pesqueiro e ainda parcerias com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para a melhoria genética do café. "Eu disse que para isso eles têm que comprar carne bovina nossa", insistiu Maggi, informando que o ministro Calzada pode visitar o Brasil ainda no primeiro semestre de 2017 para discutir a ampliação do comércio bilateral.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos