Uberlândia e Uberaba reúnem cerca de 4 mil pessoas, segundo a PM

Uberlândia e Uberaba - Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, manifestantes que saíram para protestar contra as mudanças no pacote anti-corrupção e em apoio à Lava Jato criticaram o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Mais de 300 pessoas foram às ruas protestar, segundo os organizadores; a PM fala em 200.

Já em Uberlândia, também no Triângulo, segundo estimativa dos organizadores, 6 mil pessoas protestaram na praça Tubal Vilela. A PM contou 4 mil. Os grupos Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre convocaram os manifestantes pelas redes sociais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos