Brasil está entre os piores países do mundo em avaliação de educação da OCDE

São Paulo - O Brasil ocupa as últimas posições entre 70 países avaliados em relação ao ensino de Matemática, Leitura e Ciências. Os dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) foram divulgados nesta terça-feira, 6, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A melhor posição do Brasil - 59º lugar entre os 70 países - foi alcançada em Leitura. Estão atrás apenas Albânia, Qatar, Geórgia, Peru, Indonésia, Tunísia, República Dominicana, Macedônia, Argélia, Líbano e Kosovo. Em Ciências, o ensino brasileiro ficou na 63ª posição, na frente de Peru, Líbano, Tunísia, Macedônia, Kosovo, Argélia e República Dominicana.

Mas é em Matemática que o Brasil alcançou o pior resultado: 65ª posição. Estão atrás somente Macedônia, Tunísia, Kosovo, Argélia e República Dominicana. Os dados do Pisa mostram que 70% dos alunos brasileiros de 15 anos não sabem o básico de Matemática.

Estados

O Pisa divulga resultados divididos por Estado. São Paulo, o mais rico do País e com a maior rede pública de ensino, está estagnado nas notas das três áreas avaliadas (Matemática, Leitura e Ciências) e distante da meta do governo estadual de posicionar São Paulo nos próximos 20 anos entre os 25 melhores sistemas educacionais do mundo.

As notas apontam ainda uma grande diferença entre as redes pública (federal, estadual e municipal) e privada de ensino no País. Em Ciências, por exemplo, a média da rede federal foi de 517 pontos, seguida pela rede particular, com 487. As redes estaduais tiveram média de 394 e as municipais, 329. A média dos países membros da OCDE é de 493 pontos.

Gênero

O Pisa avalia também a diferença de desempenho entre meninos e meninas. No Brasil, as meninas tiveram um desempenho menor do que o dos meninos em Ciências e Matemática. Em Leitura, elas tiveram um desempenho superior. De acordo com o relatório do programa e especialistas em educação, a diferença se deve ao comportamento e estereótipos de gênero que são reproduzidos desde o começo da infância.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos