Caça-fantasmas prende 11 vereadores de Osasco

São Paulo - A Operação Caça-Fantasmas prendeu 11 vereadores de Osasco, cidade da região metropolitana de São Paulo, nesta terça-feira, 6. O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Osasco está cumprindo 14 mandados de prisão contra vereadores da cidade. As informações são da Assessoria de Comunicação do Ministério Público de São Paulo.

Desde que foi deflagrada, em agosto de 2015, a operação, voltada para desestruturar um esquema funcionários fantasmas e captação de dinheiro de parte do salário dos assessores dos vereadores, já conta com 117 volumes de investigação. Até por volta das 9h00, 73 mandados de busca haviam sido cumpridos.

A denúncia foi oferecida nesta semana contra 217 pessoas, entre vereadores, assessores e fantasmas. Mais de 200 pessoas foram afastadas de seus cargos de forma cautelar pela Justiça, a pedido do Ministério Público de São Paulo. Segundo estimativa do Gaeco de Osasco, coordenado pelo promotor de Justiça Gustavo Albano, o esquema desviou R$ 21 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos