Perillo confirma carta à Fazenda em que governadores prometem medidas de ajuste

Brasília, 07 - O governador de Goiás, Marconi Perillo, confirmou nesta quarta-feira, 7, ao chegar ao Ministério da Fazenda, que os governos estaduais apresentarão uma carta nesta tarde ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na qual se comprometem a adotar medidas de ajuste fiscal, como o teto de gastos por 10 anos e reformas nas previdências dos Estados. Segundo ele, a carta trará compromissos genéricos, e cada governo regional encaminhará suas próprias medidas às respectivas assembleias legislativas. Em troca, os governadores esperam que o ministro ofereça a abertura de novos avais do Tesouro para pedidos de empréstimo os Estados no mercado a partir de janeiro.

"Vamos encaminhar propostas com teto de gastos corrigido pelo IPCA ou pela receita corrente líquida, a critério de cada Estado. Também há consenso para a elevação da contribuição dos servidores estaduais para a Previdência, com unificação da alíquota em 14%", afirmou.

Perillo disse que as medidas no Estado de Goiás serão enviadas à assembleia legislativa local ainda esta semana. "Farei até um ajuste mais severo, porque no meu caso também tenho compromisso de extinguir parte dos cargos temporários e comissionados", completou.

Mais cedo, o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, adiantou que os governadores entregariam uma carta na qual se comprometeriam com um Novo Regime Fiscal Estadual, com compromissos em linhas gerais, mas sem detalhes sobre a implementação das medidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos