Marina venceria eleição presidencial no segundo turno, aponta Datafolha

São Paulo - A ex-senadora Marina Silva lidera a disputa para o segundo turno nas eleições de 2018 em todos os cenários levantados pelo Datafolha, conforme divulgado nesta segunda-feira, 12, pelo jornal Folha de S. Paulo. A líder do partido Rede Sustentabilidade venceria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com uma diferença de nove pontos e ganharia dos tucanos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, com uma vantagem de 22, 23 e 20 pontos, respectivamente. Marina Silva aparece na pesquisa para o segundo turno com 43% das intenções de voto, enfrentando Lula, a 48%, enfrentando Alckmin.

Em um cenário com disputa entre Lula e Serra, o petista lidera com dois pontos de diferença. O ex-presidente ficaria em primeiro lugar em todos os cenários durante o primeiro turno e perderia apenas para Marina no segundo, mostra a pesquisa. Marina ficaria em segundo lugar no primeiro turno em todas as simulações.

O levantamento foi realizado pelo Datafolha nos dias 7 e 8 de dezembro com 2.828 pessoas com 16 anos ou mais. Lula aparece com 25% das intenções de voto em uma disputa contra Aécio ou Serra. Se o candidato tucano for Alckmin, o petista registra 26%. Marina Silva oscila entre 15 e 17 pontos nos cenários. Entre os tucanos, quem mais pontua no primeiro turno é o senador Aécio Neves (PSDB), com 11% das intenções. Serra tem 9% e Alckmin, 8%.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) aparece em quarto lugar em todas as simulações, variando de seis a nove pontos. Ciro Gomes (PDT) aparece em seguida, com 5% a 6% das intenções. O presidente Michel Temer (PMDB) fica em sexto lugar no levantamento, pontuando 4% das intenções de voto em todos os cenários.

O Datafolha considerou ainda uma disputa com os três tucanos concorrendo e mais o juiz federal Sérgio Moro. Nesse cenário, Lula lidera com 24%, Marina e Moro aparecem com 11%. Aécio Neves teria 7% dos votos, Bolsonaro, 6% e Alckmin, 5%. José Serra e Ciro Gomes estão empatados com 4% das intenções.

Temer tem a maior rejeição entre os presidenciáveis considerados pelo Datafolha, com 45% de reprovação, seguido por Lula com 44%. Aécio Neves tem 30% rejeição entre os entrevistados, dez pontos a mais que José Serra, com 20%. Bolsonaro registrou 18% de reprovação, Alckmin, 17% e Marina Silva, 15%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos