Motorista é espancado após arrastar rottweiler por mais de 3 km em Pelotas

m homem de 58 anos foi agredido por populares na noite de sábado, 10, após arrastar um cão da raça rottweiler por mais de três quilômetros em uma avenida de Pelotas, na região sul do Rio Grande do Sul. O cachorro morreu.

Conforme a polícia, o condutor Nestor José Schmidt estacionou o veículo para fazer um lanche em um bar localizado no bairro Arco-Íris. Por causa do calor, o motorista tirou o cão de dentro do automóvel e o amarrou no reboque acoplado.

Após a refeição, Schmidt seguiu seu trajeto até o bairro Três Vendas, quando foi abordado aos gritos por populares e posteriormente agredido. A vítima disse em depoimento à polícia que teria esquecido o cão do lado de fora. Os agressores fugiram antes da chegada da Brigada Militar.

O motorista foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital de Pronto Socorro de Pelotas onde recebeu atendimento, sendo liberado na manhã de domingo, 11. O delegado Roberto Peternelli investiga o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos