OAB suspende registro de Adriana Ancelmo

Do Rio

  • José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) suspendeu por 90 dias o registro da ex-primeira dama Adriana Ancelmo. Ela foi julgada pelo Tribunal de Ética e Disciplina (TED), da OAB-RJ. Em decisão unânime, o tribunal decidiu suspender provisoriamente o vínculo profissional. Em nota, a OAB informou que a decisão foi cautelar e o processo segue para análise do TED.

Adriana Ancelmo e o ex-governador Sérgio Cabral foram presos na Operação Calicute, que apura o desvio de R$ 220 milhões em obras públicas durante o governo Cabral. Entre as suspeitas dos procuradores, está a de que Adriana usava seu escritório de advocacia para lavagem de dinheiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos