Alerj adia novamente votação do pacote de ajustes

Rio, 13 - Deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) adiaram novamente a votação do pacote de austeridade apresentado mês passado pelo governo fluminense. Mais cedo, após reunião de deputados, secretários estaduais e representantes de sindicatos de servidores públicos, os dois projetos mais polêmicos, que seriam votados nesta quarta-feira, 14, passaram para a próxima segunda, 19. Agora, a Mesa Diretora da Alerj decidiu remarcar a votação dos quatro projetos que faltam no pacote para terça, 20.

A ideia é ter mais tempo para alcançar um acordo em torno de duas propostas: uma é o adiamento dos reajustes concedidos em 2014 para servidores da área da segurança pública; o outro é a elevação da contribuição previdenciária.

Mais cedo, a Alerj tinha decidido manter na quarta-feira a votação de dois projetos do pacote, menos importantes do que esse dois. Um deles muda a forma de repassar os recursos dos orçamentos dos podres independentes (Legislativo, Judiciário, Defensoria Pública, Tribunal de Contas e Ministério Público). O outro limita os reajustes a servidores públicos ao crescimento da receita. Agora, todas as quatro propostas serão votadas na terça-feira, encerrando a tramitação do pacote.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos