Brasil precisa que Temer conclua mandato até 2018, diz presidente da Abrainc

São Paulo - O presidente da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), Rubens Menin, manifestou a expectativa de que o presidente Michel Temer permaneça no cargo até o fim de seu mandato, em 2018, sob o risco de que uma eventual destituição provocasse ainda mais turbulência política e econômica, com forte impacto negativo para as empresas. "O risco é a instabilidade. As empresas não aguentam", comentou nesta terça-feira, 13, durante coletiva de imprensa.

Menin disse que não gostaria de politizar a reunião e que espera uma saída constitucional para todos as questões sendo discutidas no Congresso. No entanto, disse que o clima político conturbado faz mal para o País, com risco de agravamento do desemprego.

"Tomara que não tenha mais nenhuma Lava Jato. Ela foi muito importante, mas torço para que não tenha mais outra como essa", disse. "Não leio mais nada sobre a Lava Jato, não tenho mais paciência. Isso está fora da minha agenda", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos