Votação da PEC da Previdência na CCJ pode ficar para amanhã, diz Serraglio

Brasília, 14 (AE) - O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), afirmou há pouco que só retomará a sessão em que estava sendo discutida a admissibilidade da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência se o plenário da Casa encerrar as votações antes de meia-noite.

Serraglio disse que o Regimento da Câmara não permite que ele retome a sessão da CCJ, suspensa por volta das 20h em razão do início da Ordem do Dia no plenário, após a meia-noite. Com isso, caso as votações em plenário entrem pela madrugada, a CCJ só retomará a discussão e a votação do parecer pela admissibilidade da PEC nesta quinta-feira, 15, às 9 horas.

O plenário da Câmara vota neste momento uma série de projetos polêmicos, o que deve fazer com que a sessão se estenda pela madrugada. Entre eles, está o projeto de renegociação da dívida dos Estados e a indicação de representantes da Casa para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos