Renan confirma que entrará com recurso contra decisão de Fux

Brasília - Confirmando a nota pública que divulgou mais cedo, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tornou a afirmar que vai recorrer da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que determinou que o pacote anticorrupção, que tramita no Senado, volte para a Câmara.

"O ministro Fux tem com todos nós o melhor relacionamento, um jurista, pessoa respeitável, mas não pode de forma nenhuma por decisão democrática interferir no andamento do processo legislativo", disse Renan no início da noite desta quinta-feira, 15.

De acordo com o peemedebista, o Supremo já tem uma decisão para que não haja interferência no processo legislativo enquanto os projetos estão em apreciação.

Renan não foi claro se irá cumprir a decisão de Fux e devolver à Câmara o projeto, que se encontra atualmente no Senado, até que o pleno do STF tome uma decisão final. Ele desconversou e disse desconhecer detalhes da decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos