PCC tentou "intermediar a paz" entre facções do Rio para "fortalecer crime", diz MP

  • Evelson de Freitas/Folhapress

    PCC, que nasceu em São Paulo, tornou-se inimigo do Comando Vermelho, do Rio

    PCC, que nasceu em São Paulo, tornou-se inimigo do Comando Vermelho, do Rio

Uma denúncia do Ministério Público de São Paulo, de 2012, revela as tratativas entre integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) para tentar "intermediar a paz, a fim de fortalecer o crime" entre as facções cariocas Comando Vermelho (CV) e Amigos dos Amigos (ADA). A tentativa foi entre os anos de 2010 e 2011.

Atualmente, a facção paulista se aliou à ADA e está em disputa com o CV. A guerra entre as facções é apontada como um dos principais motivos para a morte dos 56 detentos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, o Compaj, em Manaus. A Família do Norte, do Amazonas, é aliada ao CV.

Durante a apuração do MP paulista, os investigadores interceptaram uma conversa entre duas lideranças do PCC - Roberto Soriano e Abel Pacheco Andrade. Na conversa, Soriano pergunta se o traficante conversou com "os caras do CV". Pacheco diz que não, mas que mandou outro integrante da facção falar com as lideranças da facção carioca.

Segundo Soriano, o recado a ser dado é que o PCC não teria "inimizades com vocês (CV), nem com o Terceiro (Comando), nem com o ADA. É guerra de vocês, se vocês quiserem intermediar uma paz estamos aí, porque o crime fortalece o crime, mas estamos com as cadeias de portas abertas pra vocês, a situação de negócios".

Em outra conversa, Soriano fala com Daniel Vinicius Canônico, outra liderança do PCC, sobre a relação entre os criminosos paulistas e cariocas. Segundo o traficante, o PCC nunca foi inimigo da ADA e "tinham uma ligação com o Vermelho (Comando Vermelho)", mas que foi quebrada "em cima da arrogância dos caras". Entretanto, Soriano sugere na conversa que "o intuito de tudo é estarem se unindo, se fortalecendo e um ajudar o outro".

"Nós também temos 65 favelas aqui (São Paulo), se precisarem passar uma temporada, vai ser bem recebido e a gente está aí não pra dividir o crime e sim para tentar unir e se fortalecer cada vez mais, porque imagina eles (ADA) com um braço em São Paulo, eles (PCC) com um braço no Rio".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos