Homem será indiciado por morte de idoso atacado por cães no Rio

Rio - Um homem será indiciado por homicídio culposo pela morte de um idoso atacado por três cachorros na manhã de sábado, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, informou a Polícia Civil neste domingo. Ele é funcionário da dona dos animais, usados como cães de guarda numa casa na Rua Dezoito do Forte, no bairro Mútua.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, os investigadores descobriram que o funcionário abriu o portão da casa "de forma descuidada", o que permitiu a fuga dos cães e o ataque ao idoso. Ary de Oliveira Mendes tinha 83 anos.

A primeira informação era de que os cães eram da raça pitbull, mas, segundo a Polícia Civil, os três cachorros são da raça bull terrier com mestiço. No sábado, também havia circulado a versão de que Mendes teria sido atacado após defender uma menina dos cães, mas a polícia informou que essa hipótese não foi confirmada por testemunhas.

Além do indiciamento do funcionário, a proprietária dos cães responderá administrativamente sobre o ocorrido, segundo a Polícia Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos