Tiroteio em favela próxima a Bangu assusta visitantes

rIO - Um intenso tiroteio nesta manhã em favelas próximas à entrada do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, assustou familiares de detentos que aguardavam para a visita. A reportagem do Estado presenciou pelo menos três sequências de tiros, por volta das 11h30.

O agente penitenciário que tomava conta da guarita da entrada chegou a mandar os familiares dos presos se abrigarem e saírem do local de triagem externa do complexo penitenciário, que fica próximo à cancela que controla o acesso de veículos. "Cuidado, porque os tiros às vezes chegam aqui embaixo", avisou o funcionário, falando alto para os visitantes, a maioria mulheres. Em seguida, as pessoas que aguardavam sentadas num banco no centro da área de triagem se levantaram e buscaram abrigo próximo às paredes.

Questionado pela reportagem, o agente disse que tiroteios são comuns na região. A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que o 14º Batalhão, em Bangu, não foi acionado por causa de disparos de arma de fogo durante a manhã na região do complexo penitenciário. Não havia movimento de carros de polícia na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos