Na Praia Grande (SP), Temer diz estar 'honradíssimo' com homenagem a seu irmão

Praia Grande, 12 - O presidente Michel Temer afirmou nesta quinta-feira, 12, estar "honradíssimo" com a decisão das autoridades de Praia Grande (SP) de nomear uma escola municipal em homenagem ao seu irmão mais velho Fued Temer, morto em 1995. Ele lembrou que conhece o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), há mais de 20 anos. "Agradeço a amizade que nos dedicou ao longo do tempo. Eu já tinha o título de cidadão de Praia Grande, mas agora, com essa escola, posso dizer que minha família tem residência aqui", comentou.

Ele contou que o irmão foi quem lhe apresentou os primeiros livros e que, quando saiu de Tietê (SP) para cursar Direito em São Paulo, lhe trazia revistas e outros materiais da faculdade. "Eu sou o mais novo de oito irmãos e tenho natural emoção quando me recordo da figura do Fued. Ele sempre foi um incentivador da minha faceta voltada para a educação. Sempre foi um esteio para mim, me inspirou para que eu pudesse - com a ajuda de Deus, é claro - ter uma vida universitária, profissional e pública de muito êxito. Não é sem razão que compareço aqui hoje na condição de presidente da República", afirmou.

Temer disse que sempre teve a ideia de que a educação é a força que mobiliza o País. Segundo ele, aos que dizem que o governo está cortando investimentos em educação e saúde, ele apresenta o Orçamento de 2017, que aumentou os gastos nessas áreas. "São R$ 10 bilhões a mais para a educação e quase a mesma coisa para a saúde", comentou.

Um grupo de cerca de 30 pessoas, ligadas a movimentos de esquerda, promoveu um pequeno protesto na chegada de Temer, gritando palavras de ordem contra "perdas de direitos".

Também presente no evento, o ministro da Educação, Mendonça Filho, lembrou que a inauguração da escola coincide com o anúncio do aumento no piso nacional dos professores, que tem impacto importante para cidades menores. "Demos um reajuste acima da inflação, o que é uma diretriz para que os municípios e Estados do Brasil possam cumprir com a obrigação de zelar pela carreira do professor".

Ele lembrou que o Brasil viveu nos últimos meses um ambiente de tensão política que ensejou debates intensos, inclusive na área da educação. "Eu sempre faço um chamamento para a união em torno da educação, que tem um valor maior para a sociedade, porque transformar a realidade de vida de crianças e jovens".

Já o prefeito de Praia Grande disse que a homenagem à família Temer não era sua, mas da sociedade local, e desejou que a escola se transforme em um templo de discussão da cidadania. Ele elogiou a coragem do presidente em propor reformas e afirmou que "quem se cala ou protesta de forma vã, irresponsável, não constrói".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos