Justiça bloqueia R$ 38 milhões do ex-governador Sérgio Cabral

Rio - O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, bloqueou R$ 38.527.157,00 milhões do ex-governador do Estado Sérgio Cabral. O recurso estava aplicado em cotas de fundo de investimento em nome do ex-governador. A descoberta foi comunicada à Justiça pelo Ministério Público Federal (MPF).

A decisão foi publicada por Bretas às 21h35 desta quinta-feira, 12. No texto, o juiz afirma que o MPF recebeu informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) acerca da existência do valor e pediu o seu bloqueio.

Os recursos estariam aplicados na instituição financeira BEM Dtvm SA. Bretas pediu urgência no bloqueio, para que fosse efetivado em até 24 horas.

Preso no dia 17 de novembro do ano passado durante a operação Calicute, Cabral é suspeito de comandar uma quadrilha que desviou cerca de R$ 224 milhões dos cofres públicos.

Em outra investigação sobre Cabral, que corre em Curitiba, o Banco Central (BC) tinha encontrado apenas R$ 454 em contas do ex-governador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos