Secretaria de Segurança do RN corrige informação e confirma 26 mortos em rebelião

Natal, 15 - A Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte confirmou 26 mortos na rebelião ocorrida na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. Inicialmente, a autoridade local havia informado 27 vítimas. O motim começou na noite de sábado, 14, e só foi controlado no início da manhã de domingo, 15, com a entrada de policiais militares e agentes penitenciários no local.

Em coletiva de imprensa no final da manhã, o secretário de Estado da Justiça e da Cidadania do Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino Ferreira da Silva, havia confirmado ao menos 10 mortos. Entretanto, o secretário foi informado por um agente penitenciário que 27 corpos já tinham sido encontrados. "Secretário, eu contei 27 troncos", disse o servidor ao secretário diante de jornalistas e assessores. Naquele momento, Wallber Virgolino não comentou o número.

Pelo menos seis homens, pertencentes à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foram identificados como os responsáveis pela rebelião que destruiu parcialmente a penitenciária e o Pavilhão Rogério Coutinho Madruga. Eles serão transferidos para unidades penitenciárias estaduais ou federais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos