Chuvas interditam rodovias e causam inundações no Estado de SP

Sorocaba - As chuvas intensas deixaram cidades alagadas e desalojaram famílias, entre a noite de domingo, 15, e a madrugada desta segunda-feira, 16, no interior de São Paulo. Houve queda de barrancos e duas rodovias ficaram parcialmente interditadas.

No município de Cabreúva, o temporal inundou dez casas, segundo a Defesa Civil. As famílias, em um total de 45 pessoas, foram retiradas dos imóveis e tiveram perda de bens materiais. A prefeitura mobilizou equipes para ajudar na limpeza das moradias.

Em Jaú, uma mulher e sua filha foram arrastadas pela enxurrada que invadiu a casa delas em uma rua do Jardim Santa Helena. Três moradores conseguiram segurar e resgatar mãe e filha, mas os objetos da casa - cadeiras, televisão e ventilador - foram levados pela correnteza. Uma moto, também arrastada, só foi recuperada depois que as águas baixaram.

De acordo com a Defesa Civil, ao menos dez casas foram inundadas e as famílias ficaram ilhadas. Três imóveis tiveram danos estruturais e foram interditados preventivamente.

Em Araçatuba, na madrugada desta segunda-feira, a chuva derrubou parte do muro de um condomínio e a lama invadiu quintais e casas, no bairro Vilela. Houve também alagamentos em Guararapes - a água cobriu as calçadas e entrou em casas, na região central e no Parque Industrial.

A queda de um barranco provocada pelas chuvas interditou o km 289 da rodovia Eduardo Saigh, na madrugada desta segunda-feira, em Itaí. Nenhum veículo foi atingido. Terra e lama foram removidas e a pista foi liberada duas horas depois. Na rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado, um deslizamento abriu uma cratera, interditando parcialmente a pista, entre Guapiara e Apiaí. O local foi sinalizado.

Grande São Paulo

Em Franco da Rocha, as chuvas na noite deste domingo causaram o transbordamento do Ribeirão Euzébio e do Córrego Águas Vermelhas, segundo a Defesa Civil. Os bairros mais afetados foram Lago Azul, Jardim União, além do centro.

Uma ponte de concreto foi danificada, mas não houve registro de pessoas feridas, mortas, desaparecidas, desalojadas ou desabrigadas.

Em Francisco Morato, o temporal causou alagamentos, deslizamentos de terra e deixou carros e moradores ilhados. No bairro Capoa, os bombeiros resgataram quatro moradores que ficaram presos dentro de casa depois que um deslizamento de terra obstruiu as saídas do imóvel.A casa foi interditada e os moradores, levados para casa de parentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos