Batalhão de Choque entra em Alcaçuz para transferência de presos

Natal - Como parte da operação de transferência de detentos, homens do Batalhão de Choque entraram na Penitenciária Estadual de Alcaçuz às 14 horas desta quarta-feira, 18. A ação, que conta com o uso do helicóptero da corporação, ocorre quatro dias após o motim que deixou 26 mortos na unidade, no sábado passado.

O governo não informou quantos serão retirados, à qual facção eles pertencem nem para qual cadeia serão levados. Quatro ônibus foram trazidos para a frente da penitenciária, onde aguardam o deslocamento dos presidiários. As duas facções pedem a saída uma da outra do presídio e ameaçam novo confronto.

Desde o amanhecer, homens da Polícia Militar e do Grupo de Operações Especiais dos agentes penitenciários se preparavam para começar o comboio.

No confronto, presos do PCC mataram homens da facção Sindicato RN. A estratégia do governo é deixar no local detentos de apenas um grupo criminoso, para evitar novos enfrentamentos. Desde o início da semana, os presos estão no comando da prisão.

Com a transferência, o governo espera retomar o controle de Alcaçuz e tranquilizar a situação dentro da unidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos