Expulso pela executiva do PDT, Telmário Mota diz que vai pedir filiação ao PTB

São Paulo, 18 - Prestes a ser expulso definitivamente do PDT por ter votado à favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos, o senador Telmário Mota (RR) falou nesta quarta-feira, 18, em entrevista à Rádio Guaíba que vai pedir filiação ao PTB, partido chefiado pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson.

A expulsão de Mota foi decidida ontem pela executiva do PDT e ainda precisa ser confirmada pela direção nacional do seu partido. "Tenho conversado com vários partidos, mas tenho mais afinidade com o PTB. Fico muito feliz se o PTB me aceitar, quero entrar como soldado", disse o senador.

Ele voltou a atacar o presidente do PDT, Carlos Lupi. Dessa vez, Mota falou que Lupi se comporta mais como chefe de facção do que como presidente de um partido por não admitir diálogo no comando da sigla.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos