Aécio deixa reunião com Alckmin sem falar com a imprensa

São Paulo, 19 - Uma semana depois de o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ter defendido a antecipação de prévias para definir o candidato do PSDB para a eleição de 2018, o presidente do partido, senador mineiro Aécio Neves, desembarcou em São Paulo nesta quinta-feira, 19, para uma reunião reservada com o chefe do executivo paulista, no Palácio dos Bandeirantes.

O encontro, que não estava previsto na agenda de Alckmin, começou por volta das 16 horas e durou cerca de 40 minutos. A reunião ocorreu em sala reservada do Palácio e o senador mineiro deixou o local sem falar com a imprensa.

Na manhã de hoje, o senador José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, visitou o prefeito de São Paulo, João Doria, na sede da Prefeitura. Os dois encontros são vistos por tucanos como uma tentativa de reaproximação da cúpula do partido com o governador paulista.

Alckmin, Aécio e o ministro das Relações Exteriores, José Serra, disputam internamente, no PSDB, a vaga de candidato a presidente em 2018. Enquanto o governador paulista atua de forma independente para conseguir a indicação, os outros dois se aproximam cada vez mais do presidente Michel Temer e esperam contar com ele na eleição presidencial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos