Alckmin: brasileiros depositavam em Teori esperança de Brasil mais justo

São Paulo - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou há pouco, por meio de nota, que "milhões e milhões" de brasileiros depositavam no ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) e morto em acidente aéreo na tarde desta quinta-feira, a esperança de um Brasil melhor e mais justo.

"O Brasil perde um homem da Justiça, e os brasileiros, um dos protagonistas da Justiça", disse Alckmin. "Teori Zavascki era uma das pessoas mais lúcidas e coerentes do Judiciário. Um humanista, tolerante e atencioso com as pessoas e suas diferentes formas de pensar, era modelo de sobriedade do magistrado", acrescentou.

O governador paulista disse que o trabalho de Teori, classificado por ele como "invencível" e criterioso", terá de ser continuado. "Teori Zavascki dignificou o magistério e a magistratura do Brasil. Fará muita falta", declarou.

Teori morreu em avião de pequeno porte que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro. Minutos antes da notícia do acidente ter vindo à tona, Alckmin havia se reunido com o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos