Doria estima ganho de 15 minutos com aumento de velocidade nas Marginais

De São Paulo

  • Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Placas indicam os antigos limites de velocidade, que serão substituídos

    Placas indicam os antigos limites de velocidade, que serão substituídos

O aumento dos limites de velocidade das Marginais do Tietê e do Pinheiros poderá proporcionar um ganho médio de 15 minutos para o motorista que percorrer ambas as pistas de ponta a ponta fora do horário de pico. A estimativa foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 19, pelo secretário municipal de Transportes e Mobilidade, Sérgio Avelleda, e consta de estudo técnico previsto para ser publicado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ainda nesta quinta-feira.

Avelleda participou de reunião do Conselho Municipal de Transportes, onde ouviu críticas e elogios de conselheiros e da sociedade civil sobre a decisão do prefeito João Doria (PSDB) de retomar aos limites antigos das Marginais: 90 km/h nas expressas, 70 km/h nas centrais e 60 km/h nas locais, com exceção da faixa mais à direita, que permanecerá a 50 km/h. As mudanças estão programadas para o dia 25, aniversário da cidade

  • 50219
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2016/12/21/voce-e-contra-ou-a-favor-o-aumento-de-velocidade-nas-marginais.js

Segundo Avelleda, o programa Marginal Segura representa um esforço inédito da Prefeitura no que diz respeito à operação e fiscalização das Marginais. O secretário afirmou que as pessoas que circularem por ali vão perceber melhorias diversas, como aumento do número de câmeras de monitoramento - a estimativa é chegar a 200, contra as 52 atuais -, do número de agentes de trânsito, de ambulâncias e motos de resgate, assim como guinchos.

"A cidade terá de volta um equipamento adequado para o seu uso. Os motoristas vão ter um ganho de tempo de mais de 15 minutos ao atravessar as Marginais. Agora, multiplique isso por 1,2 milhão de veículos que trafegam todos os dias nas Marginais", afirmou.

O ganho de tempo estimado com o aumento da velocidade pela atual gestão é superior ao tempo perdido projetado pela administração anterior com a redução. A equipe de Fernando Haddad (PT) calculava que houvesse perda de até oito minutos para atravessar as Marginais com a redução dos limites nas vias.

De acordo com Avelleda, o estudo realizado pela CET indica que os limites de velocidade só poderão ser aproveitados quatro ou cinco horas do dia, além da noite e madrugada. Nas demais faixas de horário, os congestionamentos acabarão por limitar de novo os índices.

Acidentes

Apesar de defender o programa de governo de Doria, o secretário reconheceu que o risco de mais acidentes tira seu sono.

"Nenhuma autoridade de trânsito pode ficar tranquila em relação a isso. Mas estamos investindo em políticas públicas de qualidade e na engenharia de trânsito, que não vamos abrir mão."

Presidente da CET, João Octaviano Neto disse que a Prefeitura está convicta de que é possível fazer as mudanças anunciadas com segurança. Nem ele nem Avelleda, no entanto, comprometeram-se a rever o programa, caso o número de acidentes - fatais ou não - volte a aumentar.

Representantes de entidades ligadas à defesa da mobilidade ativa (não motorizada) defenderam maior diálogo e prazo para implementação das medidas, mas sem sucesso. Agora, estudam entrar na Justiça contra o prefeito e Avelleda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos