Correção: Teori terá missa de corpo presente celebrada por arcebispo

Brasília - A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. O ministro Teori Zavascki não receberá a extrema-unção do arcebispo metropolitano de Porto Alegre. Na verdade, será missa de corpo presente. Extrema-unção, ou unção dos enfermos, é um sacramento da Igreja Católica dado a doentes. Segue o texto corrigido:

O arcebispo metropolitano de Porto Alegre, d. Jaime Spengler, aceitou um convite da família do ministro Teori Zavascki para realizar uma missa de corpo presente nas cerimônias fúnebres do ministro, que estão previstas para este sábado, 21, em Porto Alegre.

Ainda não está definido se a missa seria realizada durante o velório, que acontecerá no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), ou no sepultamento do ministro, que deve acontecer no Cemitério Parque Jardim da Paz, na capital gaúcha.

O início do velório ainda não foi marcado porque o corpo do ministro ainda se encontra no Rio de Janeiro. É possível que o corpo chegue ainda na noite desta sexta-feira a Porto Alegre, mas o velório, de todo modo, ficaria para a manhã do sábado, no plenário do TRF-4, no segundo andar da Corte.

As primeiras horas do velório devem ser reservadas para a família de Teori, conforme o desejo expressado ao Tribunal. Só depois os amigos e autoridades poderão prestar condolências ao ministro. A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, e a presidente do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz, já confirmaram presença. O presidente Michel Temer também deve comparecer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos