ONG cobra fim de testes com animais na indústria de cosméticos do Brasil

São Paulo - A Suíça proibiu oficialmente a venda de cosméticos testados em animais atendendo medida União Europeia que orientou o fim gradual da prática a partir de 2013. O anuncio, que foi feito em dezembro, ressalta que também estão banidas marcas que fazem testes em outros países, como a China, ou seja a importação de itens com estas condições também está vetada.

Ao comemorar a iniciativa suíça, a ONG internacional para o fim da crueldade com animais (Cruelty Free International) criticou a falta de uma legislação semelhante no Brasil.

"Estamos muito satisfeitos que a Suíça não permitirá mais cosméticos (testados em animais). Este movimento é o próximo passo da nossa campanha de 20 anos para acabar com os testes em animais em todos os lugares e para sempre. Sem medidas similares, a Austrália, o Brasil, o Canadá, a Rússia e os EUA estão a ficar para trás. Agora é hora de cada governo agir e fazer a coisa certa", disse Michelle Thew, CEO da Cruelty Free International.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos