Roubo de carga e estupro aumentam no Estado e na capital em 2016

São Paulo - O aumento considerável no roubo de carga tanto no Estado quanto na capital foi o "destaque negativo" na divulgação das estatísticas criminais de 2016 pela Secretaria de Segurança Pública. Estupro também apresentou alta considerável e os homicídios mantiveram a tendência de queda.

No Estado, a alta do roubo de carga foi de 17,11% de janeiro a dezembro de 2016 em relação ao mesmo período do ano anterior, com 9.943 casos registrados, contra 8.490 ocorrências em 2015. Na capital, a alta foi de 15,79%, com 5.866 casos registrados em 2016, e 5.066 no ano anterior.

De janeiro a dezembro de 2016, a capital registrou 2.299 estupros, alta de 10,16% em relação a 2015, que fechou com 2.087. No Estado, o crime aumentou 6,72% em 2016 em relação a 2015. Foram 9.888 casos contra 9.265.

No Estado, os homicídios fecharam 2016 com 3.571 casos contra 3.758, em 2015 - queda de 6,31%. O número é o menor da série histórica contabilizada há 16 anos. Na capital, também houve recorde de recuo nos números, foram 844 registros em 2016 contra 991, em 2015, com queda de 14,83%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos