Ato em frente à Alerj reúne cerca de 500 manifestantes

Rio - Pelo menos 500 manifestantes se reúnem no período da tarde desta quarta-feira, 1º de fevereiro, em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Apesar de não estar prevista nenhuma votação para esta quarta-feira, o grupo realiza ato no primeiro dia do ano legislativo para protestar contra propostas de ajuste fiscal que serão analisadas pela Alerj nos próximos dias.

Uma das mais polêmicas é a privatização da Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae). Muitos servidores da estatal estão presentes ao ato, assim como representantes de entidades sindicais. A Avenida 1.º de Março, em frente a Alerj, está fechada.

Ao todo, 500 homens da Polícia Militar e da Força Nacional de Segurança, além de agentes da Guarda Municipal, reforçam a segurança na região e ruas próximas. PMs fazem um cordão de isolamento nos cruzamentos que dão para a 1º de Março e revistam quem carrega bolsas e mochilas. O ato se desenvolve de forma pacífica até o momento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos