Homicídios dolosos no Estado do Rio aumentam quase 20% em 2016

Rio - Em 2016, 5.033 pessoas foram mortas intencionalmente no Estado do Rio, segundo estatística divulgada nesta quarta-feira, 1º, pelo Instituto de Segurança Pública, órgão da Secretaria de Segurança do Estado do Rio. Foram 833 casos a mais que em 2015, o que significa 2,2 assassinatos a mais por dia, em média.

Ao todo, em média, 13,75 pessoas foram mortas por dia - aumento de 19,8% em relação ao ano anterior. A taxa de homicídios dolosos (intencionais) em 2016 foi de 29,9 vítimas a cada 100 mil habitantes - quase três vezes o nível considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 10 vítimas a cada 100 mil habitantes.

A região que registrou o maior aumento de homicídios dolosos (em números absolutos) foi aquela que engloba os municípios de Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Queimados e Japeri, na Região Metropolitana: foram 119 casos a mais do que em 2015. Em 2015 foram 304 casos e em 2016 ocorreram 423, aumento de 28,1%.

Os dados sobre letalidade violenta, rubrica que reúne homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e homicídios decorrentes de oposição à intervenção policial, indicam aumento de 24,7% em 2016 em relação ao ano anterior. Foram 5.010 casos em 2015 e 6.248 no ano passado.

Os homicídios decorrentes de oposição à intervenção policial aumentaram 42,6%, passando de 645 casos em 2015 para 920 no ano passado. O número de policiais civis e militares mortos em serviço também aumentou: foram 26 em 2015 e 40 em 2016.

Os casos de roubos de veículo cresceram 34,4% em 2016: foram 31.035 em 2015 e 41.704 em 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos