João Alberto Souza (PMDB-MA) será indicado à 2ª vice-presidência do Senado

Brasília - Após impasse na cúpula do PMDB, a bancada decidiu indicar João Alberto (MA) para a segunda vice-presidência do Senado. Também pleiteavam a vaga os peemedebistas Valdir Raupp (RO), Garibaldi Alves (RN) e Marta Suplicy (MA). No gabinete do atual presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), instantes antes do início da eleição, os parlamentares tiveram que fazer um sorteio para resolver a situação.

A briga interna no PMDB pelos cargos da Mesa Diretora atrasou o início da sessão em mais de uma hora. Pela tese da proporcionalidade, os peemedebistas - que possuem a maior bancada da Casa, com 22 senadores - teriam direito à presidência, segunda vice-presidência e primeira suplência de secretaria. O nome do candidato oficial do partido à presidência, Eunício Oliveira (CE), já havia sido oficializado ontem.

Durante o encontro no gabinete de Renan nesta quarta-feira, 1º, ficou definido que o senador Zezé Perrella (MG) será indicado pelo partido ao cargo de primeiro suplente de secretaria.

No início da reunião preparativa para eleição do presidente da Casa, foram anunciadas as candidaturas de Eunício, favorito na disputa, e de José Medeiros (PSD-MT), como candidato avulso. A votação será realizada por meio de urna eletrônica, com voto secreto. É preciso maioria simples (41) para que um dos candidatos seja eleito. Os dois senadores terão tempo de fala para defender as suas candidaturas.

Caso a chapa do PMDB seja a vencedora, Eunício será o presidente; o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) será o vice-presidente; o senador João Alberto será o segundo vice-presidente; o senador José Pimentel (PT-CE) será o primeiro secretário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos