Jucá defende publicidade das delações dos executivos da Odebrecht

Brasília - O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), defendeu nesta quarta-feira, 1º, que se tornem públicas as delações dos 77 executivos da Odebrecht. Para ele, a eventual divulgação a conta gotas do conteúdo cria uma "instabilidade com reflexos para a economia".

O peemedebista repetiu a informação, antecipada pelo Broadcast Político de que pretende apresentar um projeto para acabar com o sigilo em investigações, inclusive em delações.

Ele disse que pretende apresentar nesta quinta-feira, 2, o texto, que, a seu juízo, acaba com a "tramitação secreta" de apurações.

Em entrevista coletiva, Jucá destacou que é preciso discutir o projeto que trata de abuso de poder de autoridades sem pressa. Essa pauta era tida como prioridade por Renan Calheiros (PMDB-AL), que deixa o cargo hoje para o atual líder peemedebista Eunício Oliveira (CE).

"A matéria tem que ser discutida, mas não pode ser votada de forma que pareça um retrocesso", destacou. (

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos