Deputados começam a chegar à sessão que elegerá o presidente da Câmara

Brasília - A eleição para a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, que estava marcada para começar às 9h desta quinta-feira, 2, foi suspensa por meia hora, já que o plenário e o Salão Verde da Casa estavam praticamente vazios.

Os deputados ainda estão começando a chegar. Por volta das 9h15, apenas 62 parlamentares tinham marcado presença na Casa. Pelos corredores, cabos leitorais dos principais candidatos à presidência distribuem panfletos e adesivos.

A sessão se iniciará assim que o quórum de 257 deputados presentes for atingido. Os seis candidatos terão, em 10 minutos de discurso, a última oportunidade de pedir votos aos colegas. Na sequência, o presidente da sessão vai abrir a votação na cabine instalada no plenário.

Favorito na disputa, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai disputar o cargo com os deputados Jovair Arantes (PTB-GO), Júlio Delgado (PSB-MG), André Figueiredo (PDT-CE), Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Luiza Erundina (PSOL-SP).

Na quarta-feira, dia 1º, após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello liberar a candidatura de Maia, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) desistiu de concorrer.

Também será definido nesta quinta-feira quem ocupará os outros dez cargos da Mesa Diretora. Assim como a escolha para presidente, essa votação também será secreta.

Para vencer em primeiro turno, o candidato - de qualquer um dos 11 cargos - precisa ter a maioria dos votos dos parlamentares presentes. Se isso não acontecer, haverá segundo turno e uma nova votação será aberta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos