Aloysio Nunes descarta hipótese de colocar seu nome para Ministério da Justiça

Brasília - O líder do governo no Senado, o tucano Aloysio Nunes Ferreira (SP), afirmou nesta terça-feira, 7, em rápida entrevista ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que não há a "menor hipótese" de ele colocar seu nome à disposição do PSDB para assumir o cargo de ministro da Justiça. Nos bastidores, o partido tem defendido a manutenção do posto com a legenda, após a indicação do filiado Alexandre Moraes pelo presidente Michel Temer para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

O nome do líder do governo tem sido um dos aventados para o comando da Justiça, ao lado do senador tucano Antonio Anastasia (MG). Este último também já comunicou à direção do partido que não está disposto a participar do governo.

Aloysio Nunes negou que os tucanos estejam pleiteando o cargo. "O PSDB não está reivindicando cargo, não, isso foi uma grande invenção da imprensa", destacou.

Apesar da objeção dos dois cotados, o PSDB ainda procura um nome para indicar ao cargo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos