Janot vai ao ES para discutir meio de acabar com motim de PMs

São Paulo - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai ao Espírito Santo neste sábado, 11, para debater métodos para colocar fim ao motim da Polícia Militar. Desde o início da rebelião, já foram registradas 121 mortes violentas no Estado.

Janot conversará com o governo do Estado, o Ministério Público Federal, o Poder Judiciário e o Exército brasileiro as metodologias usadas em outros Estados para acabar com motins promovidos pela PM.

Após o fracasso nas negociações com policiais militares do Espírito Santo, o governo capixaba decidiu endurecer com os PMs e com as mulheres líderes do motim. No total, 703 policiais militares já foram indiciados por crime de revolta, que é um motim realizado por PMs armados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos