Mais um cachorro invade trilhos e causa transtorno no Metrô de SP

São Paulo - Em menos de dois dias, um segundo cachorro driblou os funcionários da Companhia do Metropolitano de São Paulo e prejudicou a circulação de trens em horário de pico da manhã desta sexta-feira, 10. Desta vez, o animal provocou velocidade reduzida dos trens da Linha 3-vermelha.

Visto na altura da Estação Belém por volta das 7h40, o cachorro percorreu quatro estações e foi localizado uma hora depois no metrô Penha e retirado da linha. Muitos usuários nas redes sociais fizeram piada: "De novo???", escreveu um.

De acordo com informações do Metrô, nenhuma estação fechou. A velocidade foi reduzida, houve maior tempo de parada e foi realizado contenção de fluxo (controle nas catracas). O Metrô informou que a operação está sendo normalizada após o resgate do animal.

Felipe Bacarim comentou no post: "Virou festa agora, dia sim dia não tem um cachorro na via. Até parece Piada". Já o Eric Sander questionou: "Mas o q é isso?! Vai virar febre?", questionou.

Muitos usuários duvidaram que o cão esteja vivo. "E o cachorro foi resgatado com vida mesmo? Já tá virando rotina essa "palhaça" ", escreveu Dan Bulhões.

Na quinta-feira, dia 8, na altura da Estação Tiradentes, outro cachorro invadiu o espaço dos trens e obrigou as composições da Linha 1-Azul e 3-Vermelha a circularem com velocidade reduzida e maior tempo de parada. O cão foi encontrado morto e, segundo o metrô, sem sinais de atropelamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos