Diego Herculano/AFP

Violência no Rio

Batalhões da zona sul que policiam praias e blocos trabalham normalmente no Rio

Do Rio

  • Marcos Arcoverde/Estadão Conteúdo

    12.fev.2016 - Mulheres de policiais militares do 6º Batalhão, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, bloquearam carros que levavam PMs sem uniforme e armas no banco de trás. A intenção das mulheres era evitar que eles trabalhassem despreparados e em situação de insegurança

    12.fev.2016 - Mulheres de policiais militares do 6º Batalhão, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, bloquearam carros que levavam PMs sem uniforme e armas no banco de trás. A intenção das mulheres era evitar que eles trabalhassem despreparados e em situação de insegurança

O acesso às praias da zona sul do Rio - Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon - está sendo controlado por policiais do 2º Batalhão de Polícia Militar, onde não há mulheres de policiais bloqueando o acesso, como em outros batalhões da cidade, em protesto contra o atraso de salários e do pagamento de benefícios.

Na Avenida Lauro Sodré, em frente ao shopping Rio Sul, em Botafogo, na zona sul, quatro policiais militares fazem uma blitz para revistar carros e motos que seguem em direção às praias. Eles farão também a segurança do maior bloco de carnaval a desfilar neste domingo, dia 12, o Volta Alice, que reúne foliões na parte da manhã, no bairro de Laranjeiras, também na zona sul.

Em Copacabana, as mulheres abandonaram a frente do 19º BPM na noite de sábado, por falta de gente para se revezar. Assim, os policiais estão livres para fazer o patrulhamento de praias e blocos normalmente.

Segundo a assessoria de imprensa da PM do Rio, os protestos de espalham por 27 batalhões de todo o Estado do Rio, incluindo interior e região metropolitana. "Não existe paralisação da Polícia Militar e sim uma mobilização de familiares, iniciada pelas redes sociais. A Corporação está atenta às manifestações e conscientizando a tropa da importância da presença policial nas ruas. O patrulhamento está sendo realizado normalmente, bem como as trocas de turnos", informa a PM, em nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos