Interrogado, ex-marido de Luiza Brunet volta a dizer que é inocente

São Paulo - O empresário Lírio Parisotto foi interrogado nesta segunda-feira, 13, na Vara de Violência Doméstica, no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital. Ele é processado por agressão contra a ex-mulher, a atriz Luiza Brunet, e alega inocência.

A atriz de 54 anos afirmou em depoimento, ocorrido em novembro, que apanhou duas vezes do então marido. Em uma briga ocorrida em maio do ano passado, nos Estados Unidos, ela ficou com quatro costelas fraturadas. O laudo médico foi divulgado pela revista Veja e mostra que a Brunet ficou com "fraturas sem desvio significativo, da porção ântero-lateral do 7º ao 10º arcos costais à direita, com formações de calos ósseos incipientes". A outra agressão aconteceu em dezembro de 2015, quando Parisotto, segundo as acusações, quebrou o dedo da atriz. O processo tramita sob segredo de Justiça.

A Justiça aceitou denúncia oferecida pelo Ministério Público. Parisotto é acusado de lesão corporal leve pelo caso ocorrido em maio e de lesão corporal grave por quebrar o dedo de Brunet, em dezembro de 2015. Se condenado, pode pegar até oito anos de prisão.

Durante a audiência, o empresário de 62 anos afirmou à juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcante que é inocente das acusações feitas pela ex-mulher. A defesa sustenta que Parisotto apenas se defendeu das agressões de Brunet. No processo, os advogados juntaram cópias de conversas de WhatsApp e e-mails que comprovariam as agressões supostamente sofridas constantemente pelo empresário. Também estão anexados cópias de uma conversa entre Parisotto e a filha de Brunet, Yasmin, na qual ela afirma que a mãe sofre de problemas psicológicos. A magistrada também ouviu duas testemunhas de defesa.

Segundo o promotor Carlos Bruno Gaya da Costa, com o interrogatório de Parisotto, foram encerrados todos os trâmites processuais. "Restam apenas algumas diligência antes da decisão da Justiça", afirmou. A previsão é que a sentença seja proferida em até dois meses. Para o advogado da atriz, Pedro Fonseca Neto, "há convicção de que o réu será condenado". "As acusações são comprovadas por exames e laudos médicos", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos