Audiências da Operação Saqueador, no Rio, são adiadas para quinta-feira

Rio de Janeiro - O juiz federal Marcelo da Costa Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, decidiu nesta terça-feira, 14, adiar as audiências marcadas para hoje da Operação Saqueador. O motivo foi problemas no áudio da teleconferência que seria realizada para ouvir uma das testemunhas, Rubmaier Ferreira de Carvalho.

O ex-senador Delcídio do Amaral, outra testemunha da acusação que estava prevista para ser ouvida nesta terça, terá depoimento colhido na quinta-feira à tarde, às 16h. Já Carvalho será ouvido no período da manhã também de quinta-feira.

A Saqueador foi deflagrada em junho do ano passado para investigar as suspeitas de lavagem de R$ 370 milhões em obras tocadas pela construtora Delta.

O Ministério Público Federal denunciou em junho do ano passado Carlinhos Cachoeira, Fernando Cavendish, Cláudio Abreu, Adir Assad e Marcelo Abbud por associação criminosa, em um esquema de corrupção, desvio e lavagem de dinheiro, no qual a empreiteira Delta repassou valores a 18 empresas de fachada pertencentes aos operadores, totalizando mais de R$ 370 milhões desviados.

Cachoeira, Assad e Abbud eram os responsáveis por criar as empresas fantasmas que lavavam os recursos públicos, por meio de contratos fictícios, que eram sacados em espécie, para o pagamento de propina a agentes públicos, de forma a impedir o rastreamento das verbas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos